quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Santíssimo Nome de Maria - Memória Facultativa


"Vosso Filho, ó Deus, expirando no altar da cruz, quis dar-nos como mãe nossa a mãe que para si ele escolhera; confiando-nos à sua proteção, concedei que sejamos confortados ao invocá-la como mãe. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo." Oração da Coleta

Hoje a Santa Igreja celebra de modo facultativo a memória do Santíssimo Nome da Bem-Aventurada Virgem Maria. A festa era apenas realizada em Cuenca, Espanha, quando foi instituída em 1513. Era inicialmente comemorada em 15 de setembro. Em 1587, o Papa Sisto V mudou o dia da celebração para 17 de setembro. O Papa Gregório XV estendeu a festa para a Arquidiocese de Toledo em 1622. Em 1666 os Carmelitas Descalços receberam a permissão para recitar o Ofício do Nome de Maria quatro vezes por ano (dúplice). Em 1671, a festa foi estendida para toda a Espanha. Após a vitória dos cristãos, conduzida pelo rei Jan III Sobieski da Polônia, sobre os turcos na Batalha de Viena, em 1683, a festa foi estendida a toda a Igreja pelo Papa Inocêncio XI, e atribuída ao domingo após o Nascimento de Maria. Antes da batalha, o rei Jan Sobieski colocou suas tropas sob a proteção da Virgem Maria. Após a batalha, o Papa Inocêncio XI, pretendendo homenagear Maria, estendeu a festa para toda a Igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...